Home / Movimento inteligente / 5 Passos para aliviar a dor nas costas

5 Passos para aliviar a dor nas costas

Você tem mais recursos do que imagina

e ninguém pode sentir melhor seu corpo do que você mesmo. 

Siga os passos abaixo de forma suave e delicada, faça devagar e sem esforço. Procure movimentos livres de dor. Confie na sua percepção, se aproxime do seu corpo e colha o bem-estar e a leveza que sempre estiveram presentes.  Você só precisa estar disponível, vamos lá?

1) Observação: Deite-se de costas, flexione as pernas e perceba seu corpo por alguns instantes. Perceba os pés tocando o chão, as partes do corpo que tem mais contato com a superfície onde você está deitado, perceba as partes que não tocam o chão. Observe como você está respirando agora, não mude, apenas observe, esta parte é muito importante. Só podemos mudar o que conhecemos.

2)  Faça da dor a sua melhor amiga: Observe a dor. Sei que você vai achar esse passo uma loucura. Porque em geral, queremos nos livrar dela. E eu estou te pedindo para observar a dor? Isso mesmo! Estudos relacionados à percepção de dor mostram que quando tentamos nos livrar da dor tendemos a contrair mais o corpo, o que dificulta a circulação sanguínea e a área da dor passa a ser percebida muito maior do que realmente é. Outro ponto importante deste passo é observar como você se relaciona com a dor e qual sua atitude diante dela. Observando e se conhecendo você terá mais escolhas do que sendo apenas reativo.

3) Busque o agradável: Perceba no seu corpo áreas que não te incomodam. O que é agradável? Por que é agradável? O que faz você sentir que está bem? Como seria ser gentil com seu corpo, ainda que sinta dor?

4) Respiração abdominal: A respiração no abdome ativa uma parte do sistema nervoso (parassimpático) que atua no relaxamento, aumento da irrigação sanguínea, e liberação de hormônios que reduzem a dor e trazem bem-estar. Coloque suas mãos no abdome e sem esforço, sem acelerar sua respiração, conduza a saída e entrada de ar até suas mãos, sinta o movimento da sua barriga suave, o ar entrando e saindo sem esforço.

5) Movimente-se sem esforço para ter força: No Método Feldenkrais, ter força é algo que não depende do esforço. Eu sei que isso é muito paradoxal, fomos ensinados a nos esforçar e assim reproduzimos muito isto quando temos dor. As pessoas se puxam, esticam, torcem com força quando têm dor e essa atitude faz o corpo se contrair mais para se proteger. Com movimentos inteligentes, resgatamos a conexão óssea que nos traz muito mais força que a gerada pelos músculos. É importante fazer os movimentos devagar e sem esforço para começar a descobrir a força que existe no seu corpo.

Vamos lá?

[ EXPERIMENTE O ÁUDIO DA AULA GUIADA]

Lembre-se do início, como estava o contato do seu corpo com a superfície e como está agora? O que mudou? Perceba registre e comprove o quanto você é capaz de se autocuidar!

Liberte seus movimentos, liberte sua Vida!

 

Sobre Kelly Lemos

Kelly Lemos é especialista no método Feldenkrais, Certificada pela IFF (Internacional Feldenkrais Federation). É Mestre em Psicossociologia pela UFRJ, Terapeuta Corporal Reichiana, Fisioterapeuta do Instituto Nacional de Traumato-ortopedia (INTO), Especialista em Neuropediatria pela UFSCar e possui Formação em Mindfulness pela UNIFESP, Formação em RPG, Formação em Bobath adulto e pediátrico e Formação em maintland e mulligan.

Veja também

Chás para dores no joelho

Não importa a idade; sofrer com dores no joelho é sempre um problema terrível! Se …

Um comentário

  1. Gostei muito,aliviou a minha dor

Aprenda a ALIVIAR 80 a 100% da DOR CRÔNICA na COLUNA e ARTICULAÇÕES em Apenas 8 Semanas.

(Sem Remédios, Sem Cirurgias e Sem Sair de Casa)

envelope