Home / Aprenda / Como a raiva pode te fazer mal

Como a raiva pode te fazer mal

Ai que raiva!

São tantas situações da vida que nos deixam com raiva; não é verdade?

Uma discordância de opinião, o celular que não funciona, uma briga com um colega de trabalho, o esquecimento de pagar uma conta…

Enfim; são muitas situações que pode te causar a reação de querer partir para cima de todos e de tudo!

No entanto, pesquisas revelam que é normal uma pessoa se irritar umas duas vezes ao dia.

Porém, algumas delas NÃO expressam o sentimento de raiva e/ou a tem em excesso e isso acaba gerando problemas de saúde.

Mas como a raiva pode te fazer mal?

É fato que é muito importante você saber lidar com seus sentimentos, principalmente aqueles que não são tão bons, para que não se transformem em algo incontrolável futuramente.

Assim, uma raiva não controlada ou expressada, ou em excesso pode se transformar em hábito ou ira.

Raiva – uma emoção que faz parte da vida, mas…

Sentir raiva diante de uma provocação ou agressão é normal e difícil de controlar, ou seja, é uma reação de sobrevivência da espécie humana.

Assim, em pequenas doses, a raiva serve de impulso para ações ou motivações para mudanças.

Logo, todas as emoções são positivas SE estiverem equilibradas em nossas vidas; e a raiva é uma emoção extremamente poderosa e que, quando bem canalizada, te faz ter energia para enfrentar as dificuldades.

O problema é justamente quando:

  • O sentimento de raiva que você tem fica guardado se acumulando.
  • Ou quando extrapola o bom-senso e passa a prejudicar sua saúde e convívio social.

O que a raiva pode causar

Será o que acontece com o corpo quando estamos com raiva?

Um dos aspectos mais negativos da raiva é que ela envolve uma forte descarga de reações em seu corpo; e quando você a experimenta com muita frequência, ela pode te deixar doente emocional e fisicamente.

Veja bem; quando você experimenta a raiva ocorrem três tipos de respostas:

  • Cognitiva.
  • Corporal.
  • E comportamental.

E isso causa diferentes reações fisiológicas:

  • Aumentam os níveis de noradrenalina, adrenalina e cortisol.
  • Sua respiração e frequência cardíaca aceleram.
  • O fluxo sanguíneo dispara.
  • Sua musculatura fica tensa.

Já percebeu isso? É ou não é verdade?

Existem diversos estudos que evidenciam o efeito prejudicial da raiva sobre a saúde física das pessoas.

Por exemplo, um estudo realizado pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças de Atlanta (EUA) revela que pessoas que sentem raiva recorrente tem maior risco de sofrer um AVC (acidente vascular cerebral) ou derrame.

Além disso, esse mesmo estudo demonstrou que os mais irritados possuem um sistema imunológico mais frágil e, por isso, estão mais propensos a doenças infecciosas.

Ademais, foram descobertas evidencias de que a liberação de hormônios, como a adrenalina, contribui para a formação de coágulos sanguíneos e provoca o enfraquecimento das paredes dos vasos.

E tem mais!

Outra pesquisa feita na Escola de Medicina John Hopkins, concluiu que aqueles que se irritam facilmente possuem quase três vezes mais riscos de terem um ataque cardíaco.

Já em outro estudo foi evidenciado que a raiva também é capaz de aumentar o nível de gordura corporal e faz com que a sensibilidade à dor física aumente consideravelmente.

Então como passar a raiva?

Para gerenciar a raiva, o mais aconselhável é você buscar um minutinho para ficar sozinha, contar até 10 (talvez um pouquinho mais), afastar-se por um momento e respirar profundamente.

Quando chegar a calma, se expresse com clareza sem se exaltar.

Vale salientar também que expressar a raiva de modo violento não é um comportamento normal e essas explosões podem significar algum transtorno que caracteriza em oscilações de humor que podem levar a ataques raiva e fúria.

Se isso ocorre com você é preciso buscar ajuda médica.

Percebeu como a raiva pode te fazer mal?

Então mesmo que o cotidiano traga a você situações irritantes, ao invés de trata-las com raiva, tente lidar com elas com bom humor.

Agora queremos saber – o que você faz para controlar seus sentimos de raiva?

E sobre raiva e dor crônica, temos algo incrível para te falar!

… não seria maravilhoso poder curar naturalmente sua dor crônica?

Então, aproveita para conhecer o livro digital Adeus Dor Crônica, onde você será beneficiada com 10 aulas diferentes que farão todas as dores no seu corpo irem embora, aprenda todos os movimentos libertadores que impactarão sua vida positivamente!

Clique no link abaixo da descrição e veja mais sobre como viver com alegria e sem dores!

https://lsc.movimentointeligente.com.br/adeus-dor-cronica/

Registre seu comentário!

VEJA ESSE VÍDEO!

 

Um forte abraço.

Resta mais alguma dúvida?

Sobre Kelly Lemos

Veja também

Como aliviar as dores da alma e ser mais feliz!

Tudo parece sem graça, você não tem ânimo para fazer nada, se afasta das amizades, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Aprenda a ALIVIAR 80 a 100% da DOR CRÔNICA na COLUNA e ARTICULAÇÕES em Apenas 8 Semanas.

(Sem Remédios, Sem Cirurgias e Sem Sair de Casa)

envelope