Home / Dores / Como acontece a lesão do nervo?

Como acontece a lesão do nervo?

Na grande maioria das vezes as pessoas só se dão conta da necessidade de manter toda a sua estrutura corporal FORTE, quando já existe a impossibilidade de usá-la.

Quer ver um grande exemplo, você alguma vez já disse: “Preciso cuidar com carinho dos meus nervos periféricos”! Certamente não, correto?

Pois acredite, a necessidade de utilizar cada parte do seu organismo de maneira adequada utilizando corpo e mente em equilíbrio é necessário!

E você sabe o que é e como acontece uma lesão no nervo?

Fique atento (a) e descubra mais sobre lesões nervosas.

Qual é a função do nervo?

De uma maneira bem simples, os nervos são os responsáveis por levar mensagens para todo o corpo, através dos axônios até o cérebro e no sentido contrário utilizando os dendritos.

Contudo, quando existe uma lesão, essa função pode ser prejudicada parcialmente ou até mesmo interrompida (se não tratada).

A estrutura do nervo

  • Epineuro: Envolve todo o nervo.
  • Perineuro: Separam as fibras em fascículos.
  • Endoneuro: Separa as fibras nervosas e envolve o axônio.
  • Bainha Mielina.
  • Células de Schwam.

Tipos de lesões e como elas acontecem

Neuropraxia: é uma lesão de primeiro grau que decorre do bloqueio da transmissão do impulso nervoso no local lesado, geralmente causado por uma compressão breve que provoca uma ausência de oxigênio no local, por conta da constrição (aperto) dos vasos sanguíneos.

Nesse tipo de lesão, as conduções nervosas vizinhas estão preservadas tanto abaixo, quanto acima do ferimento, isso possibilita a resposta muscular quando aplicado um estímulo próximo ao local da lesão.

A neuropraxia é uma lesão que causa grande comprometimento sensorial e também atinge principalmente a sensibilidade das fibras mais grossas responsáveis pelo tato.

Há alguns exemplos de neuropraxia com paralisias parciais, veja:

  • Pés e pernas formigando após longos períodos cruzados ou na mesma posição.
  • Paralisia do pescoço por ficar muito tempo recostada em uma cadeira.
  • Paralisia do braço por dormir como apoio de cabeça.
  • Axotmese: Trata-se de uma lesão de segundo grau onde a walleriana sofre degeneração. Pode acontecer por uma compressão intensa ou prolongada de pequenos vasos sanguíneos, o que leva a um aumento da pressão intraneural.

Isso provoca um processo degenerativo do axônio que é quem transmite o impulso. O quadro clínico é de uma paralisia sensitiva motora completa.

Se houver a descompressão, o nervo pode responder espontaneamente com a total recuperação da lesão. Contudo, pode demorar semanas e até meses, isso irá depender do local onde ocorreu o ferimento.

  • Neurotmese: Aqui estão as lesões caracterizadas entre terceiro e quinto grau, onde há comprometimento da sustentação conjuntiva do nervo.
  • Lesão do nervo de 3º grau: acontece dentro do fascículo nervoso, o que pode causar perda da função do nervo afetado.
  • Lesão do nervo de 4º grau: Acontece quando o fascículo é comprometido de maneira grave.
  • Lesão do nervo de 5º grau: Quando há a completa ruptura do tronco nervoso, nesse caso a regeneração fica muito comprometida.

Quais são as causas das lesões nervosas?

As principais causas de lesões no nervo são:

  • A lesão por laceração ou contusão, provocadas por acidentes com arma de fogo ou objetos penetrantes.
  • Estiramento, provocado pelo excesso de movimentos nas articulações, pela compressão de algum órgão, em um acidente, por exemplo.
  • Compressão ou isquemia, provocada pela pressão externa causada por anestesia por exemplo, ou sono induzido por medicamentos.
  • Choque elétrico, provocado pelo contato com fios de alta tensão.
  • Lesão por injeção de drogas, acontece quando os nervos são atingidos pelo uso de drogas.

Sinais de que o nervo pode estar lesado

A principal caraterística é a perda das funções normais do nervo, em casos onde haja o comprometimento muscular, os sintomas podem ser de paralisia e enfraquecimento, já se houver problemas sensoriais, os sinais são parestesia e dor.

Movimentos Inteligentes para a cura da lesão nervosa:

Você pode encontrar o caminho da cura, através dos Movimentos Inteligentes e do reequilíbrio corpo e mente, que levará você a trabalhar todos os seus sistemas de maneira adequada, possibilitando assim a completa reabilitação nervosa.

Você, com ajuda dos movimentos inteligentes será capaz de encontrar na neuroplastia: uma possibilidade de cura para a lesão nervosa!

Conheça e entenda os benefícios.

VEM PARA O MOVIMENTO INTELIGENTE!

Sobre Kelly Lemos

Veja também

Analgésicos naturais surpreendentes que tiram a dor

Olá, tudo bem? Aqui é a Kelly Lemos do Movimento Inteligente e hoje falarei sobre …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Aprenda a ALIVIAR 80 a 100% da DOR CRÔNICA na COLUNA e ARTICULAÇÕES em Apenas 8 Semanas.

(Sem Remédios, Sem Cirurgias e Sem Sair de Casa)

envelope