Home / Dores / Diabéticos: Alivie as dores nas pernas através de Movimentos Inteligentes!

Diabéticos: Alivie as dores nas pernas através de Movimentos Inteligentes!

Lidar com a dor nunca é algo positivo!

Formigamento nas pernas, dor, sensibilidade, queimação, dormência ou até sensação de agulhadas podem ser algumas das sensações que você comumente sente.

Talvez você nunca tenha ouvido falar sobre o assunto, mas esses sintomas podem sugerir um problema de saúde chamado de neuropatia periférica. Em outros casos, você pode nem ter essa patologia, ainda assim sentir dores e incômodos na região.

Segundo os especialistas na área da endocrinologia, a doença atinge vários diabéticos e se localiza nos membros inferiores.

Por que você sente dores nas pernas?

Isso ocorre porque o diabetes provoca lesões nos nervos das pernas – e que infelizmente pode até levar a deformidades nas estruturas dos pés, caso o problema não seja tratado de forma assertiva.

Dessa forma, o indivíduo com diabetes – quando desenvolve o problema, tem a tendência de ser afetado até mesmo na forma de andar e se movimentar.

Calosidades e até feridas podem surgir. Obviamente se você é diabética ou diabético, não precisa cuidar do corpo somente quando adoecer! O intuito da promoção da saúde, é adquiri-la e mantê-la, mesmo antes de algum problema surgir, já que a verdadeira motivação tem a ver com a prevenção e o combate de doenças, concorda?

O desafio é aprender a ter e manter a saúde por meio de uma metodologia natural e 100% segura, e isso existe sim e eu vou te explicar melhor!

Antes claro, de adentrar aos princípios do Movimento Inteligente, é preciso entender o seguinte:

Todo diabético – por conta dos prejuízos causado pela patologia, tem a tendência de ser afetado em seu sistema circulatório, o sedentarismo, má alimentação e desníveis na glicose, podem gerar problemas sérios na saúde e por isso, cuidar do todo se torna extremamente importante.

Os diabéticos podem desenvolver problemas de dores nas pernas e mesmo com repouso, é provável que a dor não seja eliminada. Essa dor inclusive, pode se tornar intensa e pode ser agravada. Como bem é sabido, amputações em diabéticos são comuns e por mais esse motivo, cuidar do corpo é vital.

O acompanhamento com o endocrinologista se faz necessário em todos os casos, seja com relação ao diabetes tipo 1 ou diabetes tipo 2, embora os incômodos de dores no corpo possam ser uma constância na vida dos pacientes.

Há como minimizar os problemas das dores nas pernas e melhorar a circulação?

Sim, há como!

Sou Kelly Lemos – Especialista no Método Feldenkrais, certificada pela IFF (Intenational Feldenkrais Federation), Mestre em Psicossolciologia da UFRJ. Trabalho com Fisioterapeuta e sou criadora do Método Movimento Inteligente.

Atuo de forma muito benéfica na vida de vários pacientes – homens e mulheres que sentem fortes dores na coluna, nas costas, nas pernas, e até mesmo com os processos mais sérios de dores crônicas.

A partir do Método do Movimento Inteligente você aprenderá a ter uma nova postura diante ao seu corpo e com os movimentos que te ajudarão na conquista de uma vida mais saudável, de menor dor e de maior qualidade de vida!

Por que o Método que eu ensino é capaz de aliviar as dores em suas pernas?

Porque o Método Feldenkrais lhe dá uma visão ampla da vivência com a saúde, e de como os movimentos inteligentes sobre o corpo, são capazes de estimular maior bem-estar físico e emocional. 

Esses movimentos permitem trabalhar de maneira geral, não somente com foco na dor, mas em todo o sistema nervoso do indivíduo e por isso que há um refinamento de todas as habilidades da percepção, dos sentimentos, das ações, dos pensamentos e da forma de se movimentar.

A qualidade de ter experiências promovidas pelo Método, permitem uma aprendizagem orgânica, capaz de continuar ao longo da vida de qualquer pessoa. A partir desta perspectiva, a saúde pode continuar mesmo na terceira idade.

Integrações funcionais para uma vida sem dor!

As lições que você poderá aprender sobre as integrações funcionais, usam o contato entre mente e corpo para que o aluno possa compreender melhor os padrões atuais de comportamento que o estão prejudicando.

É então usado o toque de apoio, não-invasivo, que pode ser feito a qualquer hora do dia ou da noite. Portanto, estão incluídos:

  • Criação de uma sensação de segurança com toque respeitoso, dando apoio a várias partes do corpo;
  • Promoção de movimentos dos membros através de um passo a passo, para gerar resultados benéficos.
  • Esclarecimento dos padrões habituais de posicionamento e organização para facilitar a reorganização da postura do corpo; estimulando assim a compressão, alongamento e outros guias para gerar outros movimentos com ênfase no contato entre mente e corpo

No programa que eu ensino, os alunos têm uma conscientização corporal através das lições que envolvem os movimentos inteligentes. As técnicas para eliminação da dor, é na verdade um processo de aprendizagem que inicialmente é guiada por mim, mas que logo mais, o próprio indivíduo consegue fazer sozinho.

Ainda assim é preciso continuar com as medicações para diabetes?

Sim!

Obviamente o método trata a dor nas pernas do paciente, melhora a circulação também, mas não é capaz de curar a diabetes e, portanto, se faz necessário a continuação da medicação, bem como assistência da especialidade do profissional endócrino – que necessita fazer exames para verificação da patologia, do seu equilíbrio ou desregulação.

O Método funciona como um complemento à assistência médica. Feldenkrais, é entre outras abordagens, uma modalidade da medicina natural, complementar e alternativa.

Como se enquadra o Método Feldenkrais?

As classificações do método Feldenkrais variam e incluem oito categorias:

  1. Manipulativas e corporais (Barnes et al., 2008, Mamtani & Cimino, 2002; NCCAM, 2004),
  2. Como terapia de movimento (Kiser & Dagnelie, 2008; Lee, 2004; NCCAM, 2011a),
  3. Mente e corpo (Mehling et al., 2005, NCCAM, 2011b),
  4. Educação somática (Cheever, 2000; Jain et al., 2004),
  5. Biomecânica-não invasiva / manipulação (Jones, 2005),
  6. Trabalho corporal – manipulação manual não convencional (Nayak et al., 2003),
  7. Terapia energética (Witt et al., 2008)
  8. Cura manual (Weber, 1998).

O método age como intervenção mental e corporal ou como educação somática e tem uma abordagem integrada na aprendizagem auto-organizada, através da detecção de sentimentos.

Quer aprender mais sobre as técnicas que podem ajudar no alívio de suas dores?

Eu sou Kelly Lemos e quero te ajudar a ter mais saúde!

Então, tenho um CONVITE TODO ESPECIAL A LHE FAZER!

Preparada para mudar sua vida em ação de uma vivência que se estenderá para muito depois dessa jornada de aprendizado?

CLIQUE AQUI -> APROVEITE PARA PARTICIPAR DO NOSSO WORKSHOP!

 

Sobre Kelly Lemos

Kelly Lemos é especialista no método Feldenkrais, Certificada pela IFF (Internacional Feldenkrais Federation). É Mestre em Psicossociologia pela UFRJ, Terapeuta Corporal Reichiana, Fisioterapeuta do Instituto Nacional de Traumato-ortopedia (INTO), Especialista em Neuropediatria pela UFSCar e possui Formação em Mindfulness pela UNIFESP, Formação em RPG, Formação em Bobath adulto e pediátrico e Formação em maintland e mulligan.

Veja também

DOR

Quais são as doenças que mais causam dores

Você já esteve tão doente ao ponto de achar que não suportaria a dor que …

5 comentários

  1. Fui em varios sites na internet para pesquisar sobre isso, li varios sites e nenhum
    se compara a esse aqui, seu Artigo é exelente, muito bem feito
    e explicativo, adorei. obrigado pelas informaçoes.

    • Olá Agueda, fico contente que tenha te ajudado. Nossa missão é justamente essa: levar as pessoas a entenderem que é possível se livrar dos problemas de saúde a partir de métodos naturais, como os movimentos inteligentes!

      Grande abraço.

  2. Muito interessante mesmo! Continue com o bom trabalho!

    Adorei vou recomendar pra todos que conheço um artigo igual a esse vale ouro.
    :)

  3. Nossa gostei muito, esse site aqui é excelente.
    Parabéns, recomendo.
    Vou compartilhar no facebook.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *