Home / Dores / Dor crônica, você está tratando da forma correta?

Dor crônica, você está tratando da forma correta?

Você ainda sofre com as dores crônicas?

Acredite, você não está sozinho (a).

Segundo uma pesquisa realizada pelo jornal o globo no ano de 2017, a cada 10 pessoas, pelo menos 4 sofrem de dores crônicas e ainda mais, cerca de 37% desse montante é composto por mulheres.

Mas por que será que são tantas pessoas que sofrem de dor crônica?

Isso ainda acontece, porque o sistema de saúde coloca algumas crenças como reais e algumas práticas como necessárias e muitas pessoas acabam apenas convivendo com aquilo sem questionar a veracidade, não por preguiça ou por desinteresse, mas por desconhecer outras formas de tratamento.

E dessa forma vão vivendo ou melhor convivendo com uma dor absurda que já poderia ter sido aliviada a muito tempo!

Aí você pode perguntar: “Mas então qual é o erro?”

Não seria o erro e sim alguns erros, algumas maneiras ineficazes de tratar a dor crônica que vão sendo cada vez mais reforçadas e de nada adiantam.

Quer ver? Fique conosco que vamos te mostrar!

Medicamento, ajuda ou piora a dor crônica?

Entenda, não há uma fórmula mágica para curar a dor crônica e ainda o mais grave, o excesso de medicamentos alopatas pode intensificar os sintomas.

Mais de 80% dos que sofrem de dores de cabeça crônica por exemplo, se automedicam contra os sintomas, segundo a ABN- Academia Brasileira de Neurologia.

Ou seja, são muitas pessoas se medicando sem nenhum conhecimento do que pode acontecer.

E sabe o que pode acontece?

Com o passar do tempo o “remedinho milagroso”, deixa de fazer efeito, deixa o seu organismo muito mais sensível a dor e mais resistente as substâncias.

Portanto, se você apenas busca o alívio das dores (que é necessário também), mas não suas causas, está cometendo um grande erro que pode prejudicar o tratamento da dor crônica.

O tratamento no local da dor crônica, realmente resolve?

Muitas vezes quando você procura um tratamento para dor crônica, o médico ou o agente de saúde que irá aplicar a técnica, promove uma ação localizada, por exemplo, se você tem uma dor crônica na lombar, será trabalhado apenas aquela região.

Veja, o tratamento no local faz parte sim do caminho para completa recuperação da dor crônica, contudo, se não forem tomadas outras atitudes, a longo prazo, isso deixará de ter o efeito que você procura.

O seu corpo precisa ser tratado como um todo, se por exemplo, você tem dores no joelho, precisa trabalhar essa região, mas também é necessário aprender a distribuir o peso, usar a plasticidade neuronal, soltar as costelas… Entende? Melhorar toda a sua estrutura corpo e mente.

A alimentação pode estar contribuindo para a dor crônica?

Definitivamente sim! A hiperacidez corporal pode causar dores e doenças por todo o corpo e a sua alimentação pode contribuir para esse estado.

Ter uma alimentação excessivamente ácida, contribui para ter um Ph mais ácido no sangue, que por sua vez, deixa o organismo mais propício a desenvolver dores e doenças.

Por isso, quanto mais atenção você tiver para aquilo que você come, mais benefícios seu corpo sentirá e quanto mais você descuidar desse quesito, mais sensação dolorosa seu organismo irá produzir!

Qual é a maneira correta de cuidar da dor crônica?

Bem, a primeira coisa que deve ser dita é que a sua dor crônica não apareceu de uma hora para outra, ela foi construída ao longo do tempo e por isso agora ela precisa ser desconstruída.

Depois disso é preciso ter a consciência que a dor crônica é apenas um sintoma de que você está em desequilíbrio! Portanto, é necessário encontrar a causa e tratá-la!

Outro ponto crucial são seus hábitos, não há como aliviar as dores se você insistir nas mesmas ações, é preciso transformar seus pensamentos e suas ações, fortalecê-los e assim criar uma nova realidade para sua vida!

Mas, talvez o ponto mais importante para começar um tratamento eficaz para a dor crônica é aliar conhecimento com amorosidade.

E esse é o foco do Movimento Inteligente, mostrar a você uma maneira de descobrir o autocuidado e o autoamor, para assim você conseguir encontrar o caminho para cura das dores crônicas e de inúmeras outras doenças.

Acompanhe o Movimento Inteligente e saiba em detalhes como tratar as dores crônicas, com certeza você terá alívio e muito mais disposição!

Sobre Kelly Lemos

Veja também

Trauma na cabeça: Como melhorar naturalmente?

Você alguma vez já sofreu algum trauma na cabeça? Acidentes envolvendo a cabeça são muito …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *