Home / Alerta / Dores nos pés

Dores nos pés

Muitas pessoas sofrem com dores nos pés e não sabem o que fazer.

Se você faz parte deste grupo, então veio ao lugar certo, porque hoje vou falar sobre as dores nos pés.

O que é dor nos pés?

O nada mais é do que uma intrincada rede de ligamentos, ossos, tendões e músculos. Eles são fortes o suficiente para aguentar todo o peso do nosso corpo e por isso fica propenso a diversas lesões e dores.

A dor que ocorre no pé pode danificar qualquer uma de suas partes, isso vai desde seus dedos até o tendão de Aquiles, que se encontra bem na parte de trás do seu calcanhar.

Se a dor for bem leve, geralmente, a cura pode ser feita através de tratamentos caseiros, mas às vezes pode ser necessário uma intervenção mais direcionada e é aí que os Movimentos Inteligentes podem ajudar!

VEJA ESSE VÍDEO

Principais causas

  • Dor no pé quando anda: pode ser causado devido a uma esporão, fascite plantar, joanete ou pé chato, por exemplo, e, normalmente, piora quando se usa sapatos fechados ou de salto alto;
  • Dor no pé após a corrida: geralmente é sinal de tendinite ou distensão e surge logo depois da execução de um exercício intenso e quando usado o pé de mal jeito, como correr em algum terreno irregular, graças ao uso em excesso dos tendões;
  • Dor no pé ao acordar: pode sugerir artrite, artrose ou reumatismo ou ser causado devido a uma inflamação das articulações do pé;
  • Dor nos pés e nas mãos: pode indicar um alerta de artrite sistêmica ou problemas circulatórios que tornam mais difícil que o sangue chegue as extremidades do corpo.
  • Dor no pé na gravidez: é um sintoma bem comum e frequente, porque o corpo da mulher produz hormônios que deixam os vasos sanguíneos mais relaxados, fazendo com que haja um inchaço e dor nos pés, principalmente ao fim do dia.

Além dessas causas, existem outras que também podem ocasionar a dor no pé, como:

  • Diabetes;
  • Micose;
  • Olho de peixe ou psoríase.

Por haver tantas causas para as dores nos pés é que se torna tão importante fica diariamente observando-os, sempre verificando se tem alguma alteração na pela ou na forma dos pés.

Faça um escalda pés

Uma estratégia excelente e muito utilizada para combater essa dor nos pés é fazer escalda pés com uma água levemente quente, o bastante apenas para aquecer os pés, sem queimá-los. Deixe-os de molho nesta água por pelo menos uns 20 a 30 minutos.

Essa é uma ótima tática para aquele dia em que você chega do trabalho extremante cansada ou quando chega exausto por ter passado o dia andando, em pé e com um sapato não muito confortável, que acabou machucando seu pé.

Você pode também deixar seus pés imersos em um balde ou bacia por uns 20 minutos, colocando na água umas gotas de óleo essencial de cânfora ou até mesmo folhas de eucalipto. Caso não haja na disso, a temperatura morna da água já será o bastante para causar um grande alívio em suas dores.

Outras estratégias que ajudam seus pés a relaxar

  • Ficar deitado no sofá com uma almofada alta, logo abaixo de seus pés, para que assim a drenagem linfática e o retorno de sangue sejam amplificados, fazendo com que o inchaço em seus pés diminua;
  • Usar um pouco de creme de hidratação ou óleo hidratante para massagear os pés até que a pele absorva todo o produto;
  • De forma bem lenta e relaxada, realize movimentos circulares com seu pé no ar, fazendo isso no sentindo horário e também anti-horário;
  • Se estiver limpa, uma boa ideia para relaxar seus pés, é andar descalço na areia da praia ou na grama;
  • Role seus pés em cima de uma bolinha de tênis, de ping pong ou até mesmo de bolinhas de gude, pois isso ajuda muito a relaxar.

A importância dos sapatos na saúde dos seus pés

Muito frequentemente a dor nos pés ocorre devido ao uso de sapatos que não dão o devido suporte aos pés, causando um ressecamento da região e fazendo com apareçam rachaduras.

Ficar em uma mesma posição por muito tempo já é ruim e com o sapato errado fica ainda pior, porque se ele ainda for apertado, vai causar uma grande dificuldade no retorno venoso, fazendo com seus pés fiquem inchados.

Tipos de sapatos

  1. Plataforma: faz com que o risco de quedas seja maior, tira totalmente a estabilidade da caminhada, minimiza a mobilidade e prejudica a forma de apoio.
  2. Salto alto com bico fino: faz com se ande diferente e muda a estrutura dos pés, o bico faz os dedos ficarem comprimido, deixa os músculos da batata da perna encurtados, favorece as cãibras nas pernas e também nos pés.
  3. Sapato tipo de boneca: não tem problemas nenhum fazer seu uso, é superconfortável e tem o bico redondo e não apresenta salto. O único defeito é que é pouco flexível.
  4. Sapato social de homem: tem pouca ou nenhuma flexibilidade. É bem melhor usar um sapatênis se você caminha ou permanece muito tempo em pé.
  5. Sapatênis: como já foi dito, é bem mais saudável que o sapato social, porque seu cadarço auxilia a fazer o ajuste de acordo com o tamanho dos pés e é mais flexível. Também tem uma absorção de impactos bem maior.
  6. Tênis para corrida e caminhada: o amortecedor não pode ser muito grande e também não pode ter palmilha reta. Tem que ser flexível e confortável.

Por isso mesmo que é tão importante ficar atento a saúde de seus pés! Cuide mais de seus pés, seguindo as dicas de relaxamento que dei aqui e use os sapatos corretos, para que assim seus pés não fiquem machucados e doloridos.

Faça agora mesmo parte do Movimento Inteligente e mude sua vida eliminando toda e qualquer dor!

Sobre Kelly Lemos

Veja também

Dores crônicas e os traumas emocionais

Você já passou por alguma situação onde pensou que o trauma emocional foi tamanho, que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Aprenda a ALIVIAR 80 a 100% da DOR CRÔNICA na COLUNA e ARTICULAÇÕES em Apenas 8 Semanas.

(Sem Remédios, Sem Cirurgias e Sem Sair de Casa)

envelope