Home / Dores / Lista de remédios para dor

Lista de remédios para dor

Olá, tudo bem? Eu sou Kelly Lemos do Movimento Inteligente e hoje quero chamar sua atenção para um assunto que vem sendo capa de jornais, revistas e que está falado em toda a internet!

Lista de remédios para a dor!

Fala pra mim… você sente dor em algum lugar do seu corpo?

Bom, se você chegou até aqui, significa dizer que sente alguma dor sim, que pode ser uma dor aguda ou uma dor crônica e como especialista da dor, eu sei mais do que ninguém o quanto sentir dor é incômodo e angustiante!

Sendo bem sincera, a dor acaba trazendo vários tipos de resultados e estresse. Por exemplo, pode tirar seu sorriso, pode tirar sua motivação para fazer alguma atividade que você gosta, como dançar, cuidar das suas plantinhas ou fazer atividades corriqueira, que todas as pessoas precisam fazer!

Estou acostumada a ouvir várias coisas com relação a dor, pois sou fisioterapeuta e criadora do Movimento Inteligente, que é um método capaz de reverter sua dor de 80 a 100%, sendo que de forma natural, sem cirurgias e contraindicações!

Sobre isso eu falarei mais na frente, porque hoje o assunto tem a ver com os remédios para a dor…

Me fala… você já tomou algum dessa lista?

Anti-inflamatórios mais fortes

  • Paracetamol.
  • Diclofenaco.
  • Ibuprofeno.
  • Bioflex.
  • Anaflex.
  • Naxopreno.
  • Nimesulida.
  • Indometacina.
  • Cetoprofeno.
  • Ácido mefenâmico.
  • Piroxican.

Os anti-inflamatórios são recomendados para dores somáticas de intensidade leve ou moderada, no entanto, não é incomum que muitas pessoas com dores permanentes acabem se automedicando com eles, no intuito de passar a dor.

O Dr. Pedro Pinheiro, médico formado pela UFRJ salienta para vários fatores de risco com o uso de anti-inflamatórios.

Apesar desses anti-inflamatórios servirem para o alívio da dor, existe um agravante a respeito. Olha só, as prostaglandinas são benéficas ao corpo. Elas são responsáveis para sinalizar quando há algo de errado, uma febre, inflamação, problema e assim por diante.

Elas protegem o estômago e ajudam na produção de muco saudável, o que reduz a incidência de ácido, evitando assim, o surgimento de problemas na saúde. Só que com o uso de anti-inflamatórios, parte das prostaglandinas são destruídas, assim o surgimento de úlceras e gastrite surgem com maior facilidade.

Outros problemas associados com o uso dos anti-inflamatórios estão associados a:

  • Problemas renais.
  • Maior risco de AVC e derrame.
  • Riscos de alterações nas plaquetas.
  • Agravamento de hipertensão arterial.
  • Hepatite medicamentosa.
  • Perda de audição nos idosos, ou o comprometimento da escuta.
  • Risco de hemorragia.

Veja agora outras formas usadas com remédios tradicionais, mas que servem de alerta!

Analgésicos opioides para a dor:

  • Morfina.
  • Meperidina.
  • Codeína.
  • Oxicodona.
  • Fentanil.
  • Tramadol.
  • Propoxifeno.

Esses remédios para a dor são opioides. O que isso significa dizer?

Que são medicamentos produzidos pela indústria farmacêutica e que possuem ação para temporariamente diminuírem a dor. O mecanismo de ação deles se desenvolve da seguinte forma:

Ao ser ingerido, os agentes contidos na fórmula agem nos receptores da dor – que vem do sistema nervoso central, assim, há um impedimento nos estímulos dolorosos que são captados pelos nervos e reconhecidos pelo cérebro!

Todo opioide é derivado da papoula – essa por sua vez, dá origem também a narcóticos e por isso geralmente causam dependência química!

Esses opioides são indicados em fortes crises de dor, quando outros medicamentos já foram tentados, sem êxito na cura. Muitas vezes recomendados em casos de dor crônica ou dores reumáticas, artrite, artrose, bico de papagaio, entre outras dores.

Só que o problema não se trata da busca para aliviar a dor e sim dos métodos convencionais que além de não resolverem o problema, ainda trazem severas sequelas ao organismo e ao seu corpo, já debilitado pela dor!

E o que será que essa lista de remédios pode provocar a sua saúde e a sua vida?

  • Vômito e náuseas – Por se tratarem de medicamentos fortes e que mexem com todo seu organismo, alguns podem provocar sensações constantes de náuseas e vômitos.
  • Sonolência intensa – infelizmente sua produtividade e energia são diminuídos, já que em muitos casos, os poderes de ação desses medicamentos causam sonolência, fazendo com que você se sinta menos apta a desenvolver algumas tarefas e até tenha problemas sérios de acidentes, por isso é indicado não dirigir ou atuar com maquinários perigosos.
  • Efeitos psicóticos – infelizmente essa é outra reação que pode ser causada pelos opiáceos. Além de causar euforia em alguns casos, pode também gerar confusão mental, delírios, alucinações, dores de cabeça fortes e perda de memória.
  • Alteração da frequência cardíaca – os batimentos do seu coração podem se tornar muito lentos ou rápidos demais. Pode também haver problemas correlacionados à pressão arterial.
  • Constipação – os usos constantes desses medicamentos causam movimentos peristálticos lentos no trato digestivo. Ao mesmo tempo em que gera uma perda significativa de movimentos intestinais, dificultando a evacuação saudável. O problema pode levar a cirurgias e outros diagnósticos perigosos à saúde.
  • Pode causar movimentos anormais nos músculos e rigidez.
  • Pode gerar reações alérgicas de pele, manchas.
  • Sua temperatura pode se elevar ou cair drasticamente, tornando sua imunidade mais vulnerável e suscetível a doenças.

Outras alternativas para aliviar a dor de forma natural!

Bom, como falei, eu tenho lidado com muitas pessoas que têm dores por todo o corpo, e o meu método faz com que a dor seja tratada de maneira 100% natural, através de movimentos diferentes e de uma solução de estimulação neuronal que faz com que o seu cérebro e sistema nervoso entendam o caminho do alívio, que vai sendo aprendido por você a partir de casa e em qualquer lugar!

Descubra como se livrar de vez por todas dessa dor que tanto te inquieta e incomoda, para isso você precisa DESEJAR E CLICAR NO LINK ABAIXO PARA COMEÇAR A DESCOBRIR ESSA FONTE DE CURA!

Vamos comigo?

Acesse o https://lsc.movimentointeligente.com.br/ e tire todo proveito do seu próprio potencial de cura que só precisa ser libertado agora mesmo!

Um grande beijo!

Sobre Kelly Lemos

Veja também

Como curar enxaqueca naturalmente com exercícios e chás naturais

Helena ama viajar e dançar, vive com intensidade cada minuto de sua vida! Adora almoços …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Aprenda a ALIVIAR 80 a 100% da DOR CRÔNICA na COLUNA e ARTICULAÇÕES em Apenas 8 Semanas.

(Sem Remédios, Sem Cirurgias e Sem Sair de Casa)

envelope