Home / Dores / Lombalgia: Veja Dicas Eficientes e se Livre desse Martírio!

Lombalgia: Veja Dicas Eficientes e se Livre desse Martírio!

Olá, tudo bem? Eu sou Kelly Lemos do Movimento Inteligente e hoje eu quero te fazer uma pergunta: “Você tem lombalgia”?

Sentir qualquer tipo de dor sempre incomoda, não é verdade?

Mas sentir a dor lombar é pior ainda!

A lombalgia é um dos maiores motivos das visitas ao médico.

Depois que se atingem os 60 anos então, as idas ao hospital ficam quase rotineiras.

Cerca de 80% da população mundial apresentará os sintomas da lombalgia ao longo da vida.

A lombalgia tem causas desconhecidas, mas são denominadas de:

  • Lombalgia Mecânica,
  • Postural,
  • Ou inespecífica.

Uma boa notícia é que na maioria das vezes ela se cura sozinha…

Mas e quando as dores são progressivas?

E quando persiste em acontecer?

Se você sofre esse desconforto, acompanhe todas as informações e fique livre de vez da famosa dor lombar!

Lombar e lombalgia, o que são?

A região lombar fica na parte mais baixa da coluna, próxima da bacia, e as dores são comumente confundidas com dores abdominais e pélvicas.

A lombalgia não é uma doença e sim um tipo de dor que pode ter causas variadas.

Elas são divididas em duas categorias:

  • Aguda– Ocasionada por lesões repentinas, como por exemplo, um estiramento muscular. Provoca dor intensa que pode aparecer depois de um exercício físico.
  • Crônica – Está categoria pode atingir pessoas de todas as idades. Provoca dor que vária de moderada a incapacitante e geralmente dura mais de três meses.

Alguns estudos da área médica apontam que até 90% dos adultos apresentarão ao menos um episódio de dor lombar.

E ainda que até 55% das pessoas apresentaram uma crise de dor no último ano.

As dores ocorrem de maneira mais intensa em pessoas acima de 40 anos. Por isso, se você sofre com as dores, não está sozinho!

Quais os tipos de lombalgia?

A lombalgia atinge homens e mulheres igualmente.

As dores provocadas podem variar entre constante e suportável, até uma sensação de agulhada intensa que pode deixar o indivíduo incapacitado.

Um esforço físico inadequado, um acidente ou até mesmo um estilo de vida sedentário, podem causar a lombalgia.

Conheça mais sobre cada tipo:

  • Lombalgia Aguda – Na grande maioria das vezes esse é o tipo de lombalgia que mais acomete os indivíduos.

Os episódios agudos normalmente se resolvem dentro de 2 semanas e não impossibilita a pessoa de suas atividades funcionais.

As causas das dores lombares agudas são quase em 100% ligadas a alterações posturais, degenerativas ou de contratura muscular.

Ela acontece após atividades físicas intensas ou traumas, e as dores costumam ser muito fortes.

As pessoas mais atingidas por esse tipo de lombalgia são jovens que fazem atividades extenuantes e não constantes.

  • Lombalgia subaguda – A dor subaguda trata-se daquela que dura entre 4 a 12 semanas.

Tem as mesmas causas e intensidade da aguda.

  • Lombalgia crônica – A dor lombar crônica pode ter duração de 12 semanas ou mais, mesmo sendo tratada de uma lesão inicial.

Cerca de 20% das pessoas afetadas pela dor lombar aguda vão progredir para a lombalgia crônica e os sintomas persistem após um ano.

O tratamento tradicional traz alívio em alguns casos com bastante sucesso, no entanto, em outros ela persiste apesar de tratamento médico e cirurgia.

A dor em casos de lombalgia crônica é frequente e permanente e vária entre intensa e moderada.

Atinge na maioria das vezes pessoas com mais idade, alguns diagnósticos incluem:

– Lombalgia Musculoesquelética,

– Síndrome dolorosa miofascial,

– Hérnia de disco,

– Degeneração do disco,

– Distensão muscular,

– Estenose da medula espinhal,

– Osteoporose,

– Artrites.

E quais são as principais causas da Lombalgia?

Entre as principais causas da lombalgia encontra-se:

  • Postura inadequada,
  • Dor ciática,
  • Degeneração discal,
  • Inflamação muscular,
  • Distensão muscular,
  • Síndrome piriforme,
  • Escorregamento de vértebra,
  • Hérnia de disco,
  • Problemas emocionais,
  • Estresse,

É muito importante lembrar que além dessas causas, existem outras mais raras, portanto, um médico sempre precisa ser consultado, para que haja um diagnóstico preciso da sua dor lombar.

Algumas vezes a dor lombar é apenas a manifestação sintomática de uma doença grave e tratá-la sem a orientação qualificada de um profissional pode mascarar e dificultar o diagnóstico correto.

Tratamentos e prevenção da Lombalgia

Que tal prevenir a dor lombar?

Siga as dicas e fique livre da lombalgia:

  • Mantenha a postura correta, ao sentar, abaixar ou pegar peso.
  • Faça exercícios físicos regulares, os Movimentos Inteligentes são excelentes para ajudá-la nas dores lombares.
  • Evite colchões muito moles ou extremamente duros.
  • Durma bem.
  • Se alimente bem.
  • Livre-se do estresse.
  • Cuide da postura ao dirigir.
  • Durma de lado com travesseiro entre os joelhos, ou de barriga com um travesseiro atrás dos joelhos.
  • Cuidado ao levantar, sempre vire o tronco e apóie os pés no chão.
  • Cuidado com peso de mochila ou bolsas carregada nas costas.
  • Evite o uso de salto alto.
  • Massagens terapêuticas ajudam muito no alívio das dores.

Ou seja, tenha hábitos saudáveis, um estilo de vida tranquilo e mantenha sua coluna no lugar!

Enfim, como você pode observar, simples mudanças posturais e uma rotina mais voltada a saúde, podem prevenir esse grande desconforto que é a lombalgia.

Portanto, não espere o quadro se agravar, coloque em prática essas mudanças agora mesmo e comprove a eficácia!

VEJA AQUI UM VÍDEO ESPETACULAR SOBRE O MOVIMENTO INTELIGENTE

Independente de idade ou estilo de vida sempre é hora de mudar, principalmente quando houver ganhos significativos para sua saúde!

Chega de pensar no que você faria se não fosse essa tal dor lombar.

Faça tudo o que tiver vontade e aproveite de forma saudável o seu bem mais preciso… A vida e o que ela tem a oferecer!

Saúde!

Pratique Movimentos Inteligentes e viva mais e melhor!

Veja um depoimento!

Sobre Kelly Lemos

Veja também

O que a tendinite pode estar querendo dizer sobre sua vida?

O que a tendinite pode estar querendo dizer sobre sua vida? Não importa os remédios …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Aprenda a ALIVIAR 80 a 100% da DOR CRÔNICA na COLUNA e ARTICULAÇÕES em Apenas 8 Semanas.

(Sem Remédios, Sem Cirurgias e Sem Sair de Casa)

envelope