Home / Dores / O que é a dor crônica e a aguda?

O que é a dor crônica e a aguda?

Quantas vezes você já disse ou ouviu: “Estou com tanta dor que não consigo nem levantar o braço…”

As dores muitas vezes paralisam, debilitam, chegam a fazer com que as pessoas percam os sentidos, tamanha a sua capacidade de impactar uma vida.

E muitas vezes ao falar da dor que se sente, uma pergunta é quase automática: – Mas é crônica?

E você sabe se as dores que sente é crônica ou aguda?

Quais são as diferenças e como elas se originam?

Pois saiba que existe muita diferença entre elas, acompanhe o texto e entenda!

A dor pode ser para o bem!

Ninguém gosta de sentir dor, não é mesmo?

Mas acredite, a dor pode sim ser para o seu bem. Sabia disso?

Como assim? Você deve estar pensando.

Exatamente isso, a dor aguda é uma forma do seu organismo alertar que algo não está bem.

Por exemplo, você encosta em um objeto pontiagudo ou cortante, imediatamente sente dor e se afasta, ou seja, seu cérebro enviou uma mensagem de que estava em risco e você reagiu.

Já imaginou se isso não acontecesse?

As chances de se machucar e até mesmo sofrer um acidente fatal seria gigantesca!

Por isso lembre: a dor pode ser um sinal de alerta!

O que é a dor aguda e como ela surge?

A dor aguda surge geralmente quando há uma grande ameaça aos tecidos, um trauma, uma inflamação, uma infecção, ela é considerada de curta duração que vai de alguns segundos, até semanas, enquanto não é solucionado a causa do que a provocou.

Esse tipo de dor surge quando há um trauma, dessa forma o cérebro libera substâncias químicas recebendo mensagens através das terminações nervosas, assim informando com uma mensagem de que algo aconteceu ou de que algo está prestes a acontecer.

O caminho da dor aguda!

As terminações nervosas imediatamente enviam impulsos elétricos que percorrem o caminho até a medula espinhal, lá um grupo de neurônios assume o papel de transmitir a mensagem de dor ao córtex cerebral, onde se realiza a cognição, dessa forma o impulso é reconhecido, localizado e interpretado.

Agora reflita, você consegue perceber a importância e a velocidade de toda dor aguda e como ela se realiza?

Para conseguir dimensionar o tempo que a dor aguda demora para ser assimilada, basta pensar em quando bate o pé em uma cadeira, ou se aproxima de algo quente e a velocidade com a qual se afasta das duas situações.

 O que é a dor crônica?

A dor crônica se caracteriza por se estender além do período de tratamento de suas causas e ao contrário do que muitos pensam, nem sempre está ligada ao uma dor aguda que com passar do tempo se torna crônica.

É possível dividir a dor crônica em dois tipos:

  • Nociceptiva: Ligada a lesão de tecidos.
  • Neuropática: Ligada a lesão nos nervos.

Existe grandes dúvidas e impasses entre os médicos sobre as causas das dores crônicas e o que elas podem causar na vida de uma pessoa.

É possível dizer que a dor crônica se consolida pela sua repetição, são enviadas mensagens de dor tantas vezes entre o local dolorido e o cérebro que acaba por se formar um circuito, um caminho. Dessa maneira sempre que se dispara um gatilho, a dor já volta a se apresentar, como se houvesse um problema de regulagem na área cerebral que controla a dor.

A relação do movimento inteligente com a dor

O movimento inteligente acredita que é possível mudar toda e qualquer condição de dor, seja ela crônica ou aguda, intermitente, recorrente, branda ou severa.

Basta se conscientizar do que está levando o seu organismo a emitir esses sinais e o que levou a desregulação e a formação do caminho doloroso.

Com isso é possível utilizar a conexão corpo e mente e as emoções para modificar as conexões neurais que transmitem e recebem a mensagem de dor, assim conseguindo entender e superar a dor, utilizando-a como guia!

O movimento inteligente tem a missão de levar esse conhecimento até você e auxiliar nessa experiência fantástica de conhecimento e transformação. Você só precisa se dar uma chance para curar-se.

Por isso, que tal conhecer um pouco mais e não mais sofrer com dores?

Pense nessa possibilidade e venha para o Movimento Inteligente!

Sobre Kelly Lemos

Veja também

Transtorno Borderline: uma tempestade de emoções

As emoções podem afetar a sua saúde significativamente, sabia disso? As reações químicas que o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *