Home / Remédios Para Dor / Remédio para dor tramal

Remédio para dor tramal

Foi uma semana difícil?

Teve que enfrentar uma extração de dente, ou então, aquela enxaqueca não te deixa?

Ou ainda levou um tombo ao descer as escadas e agora não aguenta de dores pelo corpo todo?

Ninguém gosta de dores, não é verdade?

Mas aí vem uma dúvida… o que tomar para aliviar a minha dor?

Você tomou tramal para dores agudas, crônicas e de intensidade moderada à grave?

Pois se sim, precisamos conversar…

O remédio tramal, utilizado para todas essas necessidades que falei acima, pode estar colocando a sua saúde e o seu bem-estar em risco e quero te mostrar o porquê!

Acompanhe e entenda!

Como funciona o tramal?

O cloridrato de tramadol que é a princípio ativo do tramal, é a substância que atua no sistema nervoso, mais exatamente sobre os receptores opioides, causando efeito analgésico, que começa em aproximadamente 1 hora depois de sua ingestão.

Mas o que será que isso quer dizer na prática?

Vamos entender?

Os riscos de utilizar o tramal

O tramal carrega todos os riscos de outros opiláceos, que são:

  • Depressão respiratória.
  • Dependência física e psicológica.
  • Náuseas.
  • Overdose medicamentosa, se usado indevidamente.
  • Convulsões.

E ainda não se pode excluir outros efeitos comuns ao medicamento para dor tramal, veja:

  • Diarreia.
  • Dores de cabeça.
  • Tontura.
  • Sonolência.
  • Alergias.
  • Prisão de ventre.
  • Aumento da frequência cardíaca.

E ainda existe o risco de dependência medicamentosa e vou falar sobre isso agora!

Tramal e a dependência

O tramal causa dependência, mesmo quando utilizado dentro das doses permitidas e sua suspensão abrupta pode inclusive causar sintomas de abstinência.

Veja agora os sintomas de dependência de tramal:

  • Ansiedade sobre a próxima dose.
  • Pedir ou roubar o medicamento de outras pessoas, na falta do seu próprio tramal.
  • Utilizar vários médicos para conseguir mais doses de tramal.
  • Dizer que perdeu a medicação para conseguir mais.
  • Tomar a dosagem maior que a indicada pelo médico.

E não posso esquecer de citar os sintomas de abstinência do remédio para dor tramal, observe:

  • Ansiedade sobre a próxima dose.
  • Pedir ou roubar o medicamento de outras pessoas, na falta do seu próprio tramal.
  • Utilizar vários médicos para conseguir mais doses de tramal.
  • Dizer que perdeu a medicação para conseguir mais.
  • Tomar a dosagem maior que a indicada pelo médico.

Mas esses sintomas podem variar em intensidade e realização, de pessoa para pessoa e de acordo com a dose e tempo de uso do tramal.

Em outras palavras, o tramal pode não trazer o alívio que você busca e ainda é capaz de causar intensificação da dor e outros problemas ao seu organismo.

Mas, então o que fazer para aliviar as suas dores naturalmente?

Isso vou te contar agora!

O que a sua dor significa?

Você sabia que sentir dor é importante para sua segurança?

Isso mesmo, uma sensação de dor aguda é a sinalização de que existe algo errado em nosso organismo!

E sabe o que fazemos quando sentimos dor?

Ignoramos o sinal e tentamos apenas acabar com a dor, mesmo que momentaneamente.

Por exemplo, sua cabeça doí todos os dias, mas como será que anda a sua rotina?

  • Como está o seu sono?
  • Sua alimentação?

Provavelmente existe um desequilíbrio aí, contudo, a necessidade de se livrar da dor imediatamente, faz com que você ignore a causa que pode estar relacionada aos seus hábitos ou até mesmo a uma condição mais grave.

Por isso, o caminho está em perceber a dor e analisar de onde ela está vindo, quais os sinais que ela te dá, ou seja, o que há por trás da sensação dolorosa?

Entenda a dor e encontre a cura

O primeiro passo para entender a sua dor é buscar compreensão sobre seu corpo e sua mente que são indissociáveis e trabalham juntos pela sua saúde!

A dor é o sinal cerebral que um determinado órgão ou região corporal sofre e precisa de ajuda.

Por isso, o caminho é começar a perceber suas dores, quando e como elas acontecem, dessa maneira você terá informação suficiente para transformar incômodo em alívio.

E quanto aos remédios, será mesmo preciso?

Sim, eles são um paliativo, uma forma de melhorar a sensação de dor enquanto tratamos as causas, contudo, será mesmo que os remédios alópatas são seguros?

Bem, basta você ler acima que verá que são um verdadeiro risco à saúde!

Mas tudo tem solução, então que tal olhar para a natureza e para o natural, nela você pode encontrar o remédio perfeito para sua dor!

E a partir das mudanças de hábitos e a ajuda da natureza, você sentirá a sua saúde voltando e o seu bem-estar em primeiríssimo lugar!

Outras alternativas para aliviar a dor de forma natural!

Eu quero te ajudar, por isso estou te trazendo todas essas informações e aqui vão mais algumas que vão resolver o seu problema!

Eu tenho lidado com muitas pessoas que têm dores por todo o corpo e o meu método, faz com que a dor seja tratada de maneira 100% natural, através de movimentos diferentes e de uma solução de estimulação neuronal que faz com que o seu cérebro e sistema nervoso entendam o caminho do alívio que vai sendo aprendido por você a partir de casa e em qualquer lugar!

Tenho um convite a lhe fazer e eu quero que você descubra como se livrar de vez por todas dessa dor que tanto te inquieta e incomoda, para isso você precisa DESEJAR E CLICAR NO LINK ABAIXO PARA COMEÇAR A DESCOBRIR ESSA FONTE DE CURA!

Vamos comigo?

Acesse o https://lsc.movimentointeligente.com.br/ e tire todo proveito do seu próprio potencial de cura que só precisa ser libertado agora mesmo!

Um grande beijo!

Sobre Kelly Lemos

Veja também

Remédio para dor bursite

Dores nos ombros. Dores no quadril. Dores nos cotovelos. Dores nos calcanhares. Hummm, será que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Aprenda a ALIVIAR 80 a 100% da DOR CRÔNICA na COLUNA e ARTICULAÇÕES em Apenas 8 Semanas.

(Sem Remédios, Sem Cirurgias e Sem Sair de Casa)

envelope