Novidades
Home / Movimento inteligente / Sintomas da dor crônica: SAIBA MAIS!

Sintomas da dor crônica: SAIBA MAIS!

Você tem alguma dor crônica?

Sabe como é acordar todos os dias e ter a sensação de que a qualquer momento ela pode voltar a acontecer?

Viver sem poder realizar livremente as suas atividades, com o temor de que algo possa desencadear uma nova crise, que demora dias ou até semanas para ter um pouco de alívio.

Viver com diagnósticos imprecisos e distorcidos sobre causas que nem sequer explicam direito do porquê a dor crônica acontece e do porquê não conseguem curá-la… é sempre algo ruim.

Essas são algumas das situações que as pessoas que sofrem com a dor crônica enfrentam todos os dias, sem ter nenhuma perspectiva de melhorarem sua vida e sua saúde!

Como se dissessem apenas: Conviva, você tem dor crônica!

Será mesmo que a dor crônica não tem cura?

E os sintomas, se apresentam iguais para todos?

Descubra agora os sintomas da dor crônica e a necessidade ou não de conviver com prognóstico!

Quais os sintomas da dor crônica?

As principais características da dor crônica de forma geral são:

  • Origina-se de um trauma ou lesão.
  • Tem-se piora diante da ansiedade, estresse e depressão.
  • Causa grande desconforto.
  • Pode ir de leve a severa.
  • Aumenta a necessidade de repouso.
  • Causa alterações de humor.
  • Causa fadiga.
  • Pode agravar a insônia.
  • Dificulta as atividades rotineiras do indivíduo.

É muito importante lembrar que os sintomas da dor crônica, irão variar de acordo com o local dolorido, por exemplo:

  • Dores de cabeça crônicas tem sintomas como: Náuseas, sensibilidade a luz, desequilíbrio corporal, entre outras.
  • Dores crônicas na coluna (lombalgia), pode ter sintomas como: Dificuldade de locomoção e movimentos, postura curvada, sensação de “travamento”, após um período em repouso, etc.
  • Dores crônicas nas articulações podem apresentar sintomas como: rigidez nas articulações, mudança na temperatura do membro afetado, piora dos sintomas ao final da tarde ou ao acordar.

Como pode perceber os sintomas podem ser muito variados, mas uma coisa é fato, a dor crônica é incômoda para todos que a sentem.

Como o cérebro reage a dor crônica?

Quando seu sistema nervoso envia sinais constantes mostrando que há algo errado, você precisa encontrar a causa da dor, pois ele está usando essa informação como defesa, como maneira de proteger você.

Contudo, a partir do momento em que o cérebro começa a entender que não há resposta ou que os tratamentos tradicionais não funcionam, a dor tende a aumentar e assim acontece algo que pode se chamar de descontrole na área que interpreta a dor, tornando-a mais sensível.

Dessa maneira, cada vez que essa área é estimulada, o cérebro envia a mensagem que percorre o caminho já feito tantas vezes que o sinal dolorido é novamente acionado e ampliado.

De uma maneira metafórica, imagine um circuito de carrinhos como o caminho entre o cérebro e o local de dor, os próprios carrinhos como as mensagens enviadas, a área cerebral responsável pela dor como o botão que aciona o movimento e você como acionador do botão.

Toda vez que o cérebro estimular a área que controla os sintomas doloridos, o botão será acionado e os caminhos/ circuitos, irão fazer e refazer o trajeto da dor, tornando-a cada vez mais intensa, presente e insensível aos tratamentos tradicionais.

Você é o condutor do carro da dor crônica!

Perceba, quem é que aciona o “botão do trajeto da dor”?

Você é o responsável por acionar a dor crônica em seu corpo e como isso é feito de maneira inconsciente, às vezes é difícil de entender a dimensão da sua capacidade de estimular ou não os impulsos doloridos.

Por isso, para você que deseja mudar esse caminho e não mais sofrer com essa dor, a primeira e mais importante medida a ser tomada é se conscientizar da sua capacidade de modificar a forma como seu cérebro se comporta.

Por isso, o convite do movimento inteligente é para se juntar a nós com o propósito de aprender a perceber numa melhor compreensão sobre você, seu corpo e sua mente e assim entender novas possibilidades para o alívio da dor crônica.

Você pode acessar toda a sua capacidade de conduzir a sua saúde e da cura!

Não conviva com a dor, use-a para encontrar a cura!

VENHA PARA O MOVIMENTO INTELIGENTE E SE REDESCUBRA EM VÁRIOS PROCESSOS DE CURA FÍSICA E EMOCIONAL!

Sobre Kelly Lemos

Veja também

Artrose e Movimento Inteligente

O que você faria hoje se não sofresse com dores? Dançar? Dar um passeio pelo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *