Home / Aprenda / Como não sentir ódio?

Como não sentir ódio?

Sentir amor, felicidade… bom, não é mesmo?

Mas você já parou para pensar que nem todas as pessoas conseguem ter esses sentimentos? Algumas já estão tão desmotivadas que chegam a ficar inertes as emoções e sensações positivas.

É verdade!

Alguns chamam essas pessoas de frias. Você conhecer alguém que sente dificuldades em lidar com sentimentos e sensações positivas?

Agora reflita, se você tem a oportunidade de sentir, de ter sua pele arrepiada diante de um estímulo prazeroso, de ter suas batidas do coração aceleradas diante de alguém que ama ou mesmo de sentir a paz, somente ao ouvir a voz de um ente querido, para que desperdiçar a vida com um sentimento tão negativo como o ódio?

O ódio, com toda certeza tem influência sobre o outro, mas é ainda maior em você mesmo e os resultados podem ser muito negativos.

E para não deixar que esse sentimento paralisante faça parte da sua vida, acompanhe o texto e descubra que o ódio não precisa fazer parte de você e nem de suas emoções.

Por que sentimos ódio?

Ódio, um sentimento poderoso que pode levar a resultados devastadores, ele age no intuito de ferir, de se vingar, motivado por realizar a destruição.

Intolerância, desconhecimento, incapacidade de se colocar no lugar do outro, acreditar que é melhor que o outro, achar que tem o poder de julgar, apontar… as causas para sentir ódio são muitas, mas acredite, nenhuma delas é indicativa para justificar tal sentimento.

E se você deseja buscar o crescimento espiritual, a felicidade e a cura para sua vida, precisa entender a necessidade de abolir de uma vez esse sentimento e isso só depende de você!

Como tirar o ódio do seu coração?

Se de alguma forma você foi machucado, independente das circunstâncias e isso levou você a sentir ódio, é importante que você reconheça esse sentimento e se empenhe em transformá-lo, para que isso não vire uma dor crônica em seu interior.

Mas como fazer?

Primeiro, entenda quais os motivos levaram o outro a fazer com que você sentisse ódio, coloque-se no lugar da pessoa, perceba os motivos, se permita um tempo para processar todo o fato.

Será que você não fez ou falou algo que trouxesse esse resultado?

Depois, reavalie se poderia ser diferente, qual era a sua posição, se você fez algo que contribuísse para tudo aquilo, se sim, não se martirize, cuide apenas de ser melhor e de tratar o problema sabiamente.

Após isso:

  • Evite pensar negativo sobre a situação.
  • Reascenda o amor ao próximo diariamente.
  • Perdoe.
  • Se envolva com o autoconhecimento positivo e com atividades que elevem seu progresso pessoal.

Transborde seus sentimentos

O ser humano só é capaz de entregar ao outro o que há dentro de si em abundância, por isso, repense seus sentimentos e esforce-se para se preencher de emoções que você gostaria de receber.

Lembre-se, a energia que você emana volta para você em igual velocidade e proporção, portanto, nutra seu ser de positivismo, amor, respeito e alegria e dessa forma esteja sempre cercada de pessoas que vibram na mesma energia que você.

As pequenas mudanças, são capazes de grandes transformações e se você mantiver o seu foco em coisas boas, as ruins não terão oportunidades de chegar

Dedique-se ao conhecimento e se liberte do ódio

Uma maneira de não sentir ódio, rancor, mágoas e outras emoções e sentimentos negativos é conhecer-se melhor.

É aprender cada vez mais sobre a capacidade que o amor e o positivismo tem de transformar a sua vida.

Isso fará com que você a cada vez que estiver próximo de sentir algo negativo, possa voltar a consciência e saber que seus sentimentos trazem consequências e com isso consiga se libertar de todas emoções nocivas que de alguma forma tentam invadir a sua vida.

Entenda, se alguém ou alguma coisa provoca essas emoções em você, o ideal é se afastar e aceitar que talvez o outro ainda não esteja em tão completa consciência de seus atos e das consequências que eles trazem. Essa pessoa pode simplesmente não estar em harmonia consigo e com o próximo. Por isso faz o que faz ou fez ou que fez.

Pratique o autoconhecimento, exercite a resiliência, compartilhe suas opiniões, mas não exija que todos concordem, respeite as diferenças, aceite a diversidade, olhe com compaixão aos que não tem oportunidade de acesso ao conhecimento como você tem.

Cada um à sua maneira, cada qual em seu momento, terá a oportunidade de crescer espiritualmente, e o ódio não mais precisará estar no seu coração e nem no do outro.

Faça parte do MOVIMENTO INTELIGENTE!

Acesse nossas redes sociais:

Acesse: https://lsc.movimentointeligente.com.br/jornada/

Siga-me no Instagram – https://www.instagram.com/kelly_lemos_oficial/

Facebook – https://www.facebook.com/movimentointeligentefeldenkrais/

YouTube – https://www.youtube.com/watch?v=DdBEtZUPitc

Sobre Kelly Lemos

Veja também

Dores crônicas e meditação – 4 dicas infalíveis para acabar com elas

Então você está buscando por dicas de como acabar com as dores crônicas? Pois saiba …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Aprenda a ALIVIAR 80 a 100% da DOR CRÔNICA na COLUNA e ARTICULAÇÕES em Apenas 8 Semanas.

(Sem Remédios, Sem Cirurgias e Sem Sair de Casa)

envelope