Home / Alerta / Esgotamento emocional, quais os sintomas e como tratar?

Esgotamento emocional, quais os sintomas e como tratar?

A natureza mais uma vez com toda a sua sabedoria ofereceu a você a possibilidade de sentir 2 coisas: estresse e a ansiedade, como formas de proteção, uma vez que em tempos remotos o ser humano precisava se manter a salvo dos perigos de um mundo dividido com animais selvagens e que não haviam em décadas passadas, grandes recursos para se abrigar e se alimentar.

Contundo, o tempo foi passando, a evolução e a tecnologia tomando o lugar dos animais e hoje o estresse e a ansiedade que você precisa lidar está presente na selva de grandes prédios e da modernidade.

O estresse e a ansiedade aumentam a produção de cortisol, substância que provoca o alerta do seu corpo e o deixa pronto para fugir dos perigos eminentes, mas como hoje não existem mais feras para escapar e nem alimentos para caçar o que acontece é um excesso no organismo que causa desequilíbrio e consequentemente o esgotamento físico.

O esgotamento emocional pode ser causado por uma intensa exposição a adaptações constantes e estresses diários, mas acredite, não são esses os fatores que levam você ao limite de suas forças e sim a maneira que você reage a esses desafios.

E se você quer entender os sintomas do esgotamento emocional e encontrar o equilíbrio e o vigor emocional, continue lendo:

Sintomas do esgotamento emocional

Seguem alguns sintomas que indicam que está na hora de você cuidar do seu emocional e melhorar a sua saúde.

  • Insônia: Você já acorda cansado ou nem consegue adormecer e o cansaço só se intensifica durante o dia.
  • O trabalho não rende mais como antes: De uma hora para outra fazer seu trabalho não te dá mais prazer e você nem consegue mais terminar seus projetos ou tarefas que antes fazia com tanta facilidade.
  • Falha na memória: Até as coisas que você faz todos os dias estão sendo esquecidas e tudo tem que ser anotado, a memória parece não mais funcionar como antes.
  • Isolamento social: Sair, conversar, ir a festas, se reunir com a família não é mais prazeroso, seu corpo parece precisar de mais horas de descanso para se recuperar.
  • Sistema digestório em crise: O aparelho digestivo é o primeiro sinal que as emoções estão em desequilíbrio, dores estomacais, azia, constipação, tudo isso é um sinal que você precisa se revigorar!
  • Dores de cabeça: Elas aparecem 3 ou mais vezes por mês e incomodam bastante, podem ser sintomas físicos do esgotamento emocional.
  • Choro fácil: Você não consegue se controlar diante das adversidades e tudo se torna motivo para chorar, a sensibilidade parece ficar mais próxima de você.
  • Dificuldade de aprendizagem: Assimilar novos conteúdos parece impossível e sua paciência não é mais como era.
  • Negativismo: Pensamentos negativos e de autossabotagem são frequentes e parecem incontroláveis.
  • Calar-se: Você não expõe mais sua opinião e nem questiona atitudes que não concorda, apenas para não haver discussões.

Como equilibrar suas emoções e revigorar seu corpo e sua mente?

Em primeiro lugar e mais importante, pare de adiar o descanso que seu corpo e sua mente está pedindo!

É essencial trabalhar, estudar, se dedicar a família, mas, e você, em que lugar dentro das suas prioridades está o seu bem-estar e sua saúde?

Entenda que, se não houver um autocuidado, nenhuma outra atividade irá se realizar, isso porquê seu corpo e sua mente ficarão tão sobrecarregados que entrarão em colapso e adoecerão.

Por isso, procure se equilibrar emocionalmente, você pode fazer isso através de práticas simples e saudáveis que permitam o estímulo da amorosidade e do cuidado com você, veja:

  • Primeiro, mude sua atitude diante dos desafios, se você não pode mudá-los, pode ao menos reagir de maneira diferente, olhando sempre com positividade e compreensão para as adversidades.
  • Lembre-se sempre, você é o responsável por sua saúde e bem-estar, assuma essa responsabilidade e cuide-se.
  • Alimente-se de maneira saudável, essa é uma maneira de cuidar de você e se priorizar.
  • Movimente-se de maneira inteligente, com carinho, calma, paciência, traga paz e amor ao seu corpo através dessa atividade, ele com toda certeza reagirá aos seus cuidados.
  • Afaste-se de pessoas, relacionamentos e ambientes nocivos, isso suga sua energia.

Enfim, procure tudo aquilo que devolva a você emoções e sentimentos positivos, procure nas pequenas coisas do dia a dia os estímulos para alegria!

O vigor continua em seu interior, basta encontrar e transbordar vitalidade emocional e física!

Sobre Kelly Lemos

Veja também

Dores crônicas e os traumas emocionais

Você já passou por alguma situação onde pensou que o trauma emocional foi tamanho, que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Aprenda a ALIVIAR 80 a 100% da DOR CRÔNICA na COLUNA e ARTICULAÇÕES em Apenas 8 Semanas.

(Sem Remédios, Sem Cirurgias e Sem Sair de Casa)

envelope