Home / Alerta / Febre, pode ser emocional?

Febre, pode ser emocional?

Sabe aquela sensação de dor no corpo, moleza, indisposição e aí você resolve medir sua temperatura e constata que está com febre.

Algo tão comum, não é mesmo? Que às vezes vem e vai sem causa determinada.

Mas será mesmo que a causa é tão desconhecida assim?

O que será que a sua temperatura alta sem outros sintomas associados quer dizer sobre o seu organismo?

Você já sabe que as doenças e a saúde são causadas por seus próprios padrões de sentimentos, emoções e ações, certo?

Mas será que a febre também pode estar relacionada com as suas emoções e a maneira como você se comporta diante dos desafios da vida?

Descubra agora se a sua febre pode ser emocional.

Febre, o que seu corpo está sinalizando?

Quando seu corpo apresenta algum sintoma agudo, como uma dor, um movimento que você não consegue realizar, tosse e também a febre, na verdade, o que ele está querendo dizer é “eu preciso de ajuda”, o organismo humano é tão perfeito que ao menor sinal de desequilíbrio ele emite pedidos de socorro.

Por esse motivo, a importância de se conhecer e de ter consciência dessa realidade, para assim poder identificar esses sinais e tratá-los de maneira adequada.

E quando seu corpo arde em febre? O que será que ele tenta dizer?

Emoções que gerem uma sobrecarga de estresse ao seu corpo podem culminar na elevação da temperatura corpórea, ou seja, a febre. Por exemplo, situações de raiva extrema onde, conflitos não resolvidos, irritação profunda com pessoas a sua volta, entre outros, são situações que quando não colocados para fora, enfraquecem o sistema imunológico e esse responde que está chegando ao seu limite.

Portanto, entenda, guardar rancor, raiva, tristeza, irritação e remoê-los, revivê-los constantemente é extremamente nocivo ao seu organismo, uma vez que o seu cérebro trabalha para produzir substâncias de alerta como a adrenalina e isso, só faz intensificar sintomas de dores físicas e mal-estar.

Cuide de suas emoções para sumir com a febre

O primeiro passo é identificar qual a causa de todas essas emoções negativas represadas em seu interior, assim você será capaz de acalmar sua alma e transformar febre em alívio.

Para isso, faça uma pausa em sua rotina corrida, em suas atividades aceleradas, e respire profundamente, visualizando todos os assuntos que estão te trazendo inquietação, observe cada situação e entenda como cada uma delas pode trazer aprendizado a sua vida.

Reflita, de maneira serena e pense em todas as possibilidades de resolver esses assuntos de maneira mais flexível e benéfica a todos, traga a consciência para dentro de você, visualize tudo sendo resolvido no momento certo, aos poucos vá transformando todos os sentimentos nocivos em emoções e pensamentos positivos.

Lembre-se, expressar seus sentimentos e emoções com sabedoria e amor, é uma ótima forma de transformá-los, não é o que você tem a dizer e sim como você dirá, pratique e sentirá toda as dores e febres deixando seu corpo.

Controle sua febre naturalmente

E nada melhor que utilizar a natureza em benefício da sua saúde, para isso observe as dicas de como baixar a temperatura do seu corpo e equilibrar seu organismo de maneira natural:

  • O tradicional chá ajuda a controlar a temperatura, uma vez que causa sudorese e estimula o corpo a relaxar e diminuir a temperatura, alie as propriedades calmantes e relaxantes para ajudar a equilibrar as tensões do dia a dia.
  • Toalha molhada nos pulsos e testas ou um banho morno relaxante, ajudam o corpo a encontrar uma temperatura equilibrada.
  • Repouse, tente poupar as energias e acalmar-se.
  • Use roupas leves, seja gentil com seu corpo, ele sentirá os seus cuidados.
  • Hidrate-se, a água é essencial no momento da febre e ajuda a manter seu corpo longe da desidratação.

Lembre-se, a febre é a apenas um sintoma, então cuide-se para que ela baixe, mas concentre-se seus esforços em entender porque ela está aparecendo em sua vida, para dessa forma encontrar a melhor maneira de reequilibrar seu corpo e sua mente, e assim voltar a ter uma vida saudável e cheia de felicidade.

Pratique o autoconhecimento e o controle emocional, não viva no automático, dedique-se a entender e a se posicionar diante das suas emoções, não é necessário repreender os sentimentos, afinal, todos eles contribuem de alguma forma.

O importante é saber administrar bem as emoções e usá-las de forma inteligente, a favor da cura e do bem-estar!

Faça parte do MOVIMENTO INTELIGENTE!

Acesse nossas redes sociais:

Acesse: https://lsc.movimentointeligente.com.br/jornada/

Siga-me no Instagram – https://www.instagram.com/kelly_lemos_oficial/

Facebook – https://www.facebook.com/movimentointeligentefeldenkrais/

YouTube – https://www.youtube.com/watch?v=DdBEtZUPitc

Sobre Kelly Lemos

Veja também

Dores crônicas e os traumas emocionais

Você já passou por alguma situação onde pensou que o trauma emocional foi tamanho, que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Aprenda a ALIVIAR 80 a 100% da DOR CRÔNICA na COLUNA e ARTICULAÇÕES em Apenas 8 Semanas.

(Sem Remédios, Sem Cirurgias e Sem Sair de Casa)

envelope