Home / Alerta / MAMOGRAFIAS AUMENTAM O RISCO DE CÂNCER DE MAMA, AQUI ESTÃO AS ALTERNATIVAS SEGURAS PARA EXAMES MAMÁRIOS

MAMOGRAFIAS AUMENTAM O RISCO DE CÂNCER DE MAMA, AQUI ESTÃO AS ALTERNATIVAS SEGURAS PARA EXAMES MAMÁRIOS

Você pode ter ouvido que as mamografias que são comumente usadas ​​para detectar câncer de mama, podem realmente aumentar o risco de câncer. Bem, você não está errado!

Na verdade, há uma enorme quantidade de pesquisas que comprovam que as mamografias podem ter um impacto negativo na sua saúde e até mesmo resultar em diagnósticos errados.

E se você leu o outro artigo que fizemos, vai constatar que de fato, as mamografias fazem mais mal do que bem.

Mas como você pode evitar as mamografias? Felizmente, existem inúmeras alternativas seguras para este método de triagem mamária.

Por que as mamografias podem ameaçar sua saúde?

Se você já fez diversas mamografias, eu recomendo que você considere outras alternativas para detecção do câncer de mama. Existem inúmeros estudos que sugerem que as mamografias não só podem ser ineficazes na identificação do câncer, como também são prejudiciais para sua saúde.

Um dos maiores problemas com as mamografias é o excesso de diagnóstico e, como resultado, um excesso de tratamento.

O Instituto Nacional do Câncer reuniu vários especialistas que concluíram que os “cânceres de estágio inicial” não são câncer, são na verdade, crescimentos benignos ou nódulos que não causam dor ou problemas.

Isso significa que milhões de mulheres foram erroneamente diagnosticadas com câncer de mama ao longo das últimas décadas e foram sujeitas a tratamentos nocivos, ou seja, assustadoramente, não é incomum que ocorra um diagnóstico errado de câncer de mama, por isso muitas mulheres dizem: “Mas foi a mamografia que me diagnosticou um câncer e hoje estou curada”!

Mas era mesmo um câncer ou apenas um nódulo benigno que nem necessitava de tratamento?

Outro estudo que foi publicado recentemente no British Medical Journal concluiu que os exames de mamografia regulares não reduzem as taxas de mortalidade por câncer de mama.

Os pesquisadores não encontraram evidências que sugerissem que as mamografias sejam mais eficazes.

22% dos exames invasivos para detecção do câncer de mama foram super diagnosticados, representando que um nódulo simples foi confundido com câncer de mama. Ou seja, inúmeras mulheres que receberam rastreio de mamografia estavam saudáveis, mas foram diagnosticadas e tratadas para o câncer de mama desnecessariamente, o que resultou em intervenções cirúrgicas, radioterapia, quimioterapia ou alguma combinação destas terapias.

Em uma revisão sistemática do banco de dados Cochrane 2009 sobre triagem e mamografia de câncer de mama, os autores concluíram: “O rastreio levou a 30% de diagnósticos equivocados e tratamentos desnecessários.

Isso significa que, para cada 2000 mulheres acompanhadas durante 10 anos, uma apenas terá sua vida prolongada sem incidência de diagnóstico do câncer mamário e 10 mulheres saudáveis, serão tratadas desnecessariamente.

Talvez a informação mais notável tenha sido fornecida pela Swiss Medical Board. A equipe de especialistas foi convidada a criar uma revisão imparcial sobre a triagem de mamografia. O conselho foi formado por um médico, um epidemiologista clínico, um farmacologista, um cirurgião oncológico, uma enfermeira cientifica, um advogado e um economista da saúde.

O Conselho Médico da Suíça informou que, ao longo de um período de 10 anos de triagem anual com a mamografia:

  • 490-670 mulheres provavelmente terão uma mamografia falso positiva com exame repetido.
  • 70-100 provavelmente terão uma biópsia desnecessária.
  • 3-14 provavelmente serão diagnosticadas com um câncer de mama sem tê-lo realmente.

Dada a enorme quantidade de pesquisas que mostram a ineficácia das mamografias, o conselho recomendou abolir completamente os exames de mamografia.

Além disso, aproximadamente 50 por cento das mulheres têm tecido mamário denso, o que significa que é difícil para os mamógrafos processarem a imagem e por isso muitas vezes o exame precisa ser repetido, causando muita dor também.

Ainda segundo os especialistas: Outro detalhe importante: Tanto o tecido do peito denso quanto o câncer aparecem brancos no rastreio do raio-X, por isso é extremamente difícil e praticamente impossível para um médico detectar câncer com este tipo de tecido.

VEJA TAMBÉM ESSE OUTRO ARTIGO: MAMOGRAFIA PODE CAUSAR CÂNCER!

Alternativas para substituir as mamografias na pesquisa de câncer:

cancer de mama

Se você já fez uma mamografia ou várias delas, recomendo que não prossiga mais com esse exame! Sabe-se bem o quanto a mamografia insere radiação nas mamas e radiação provoca o quê? CÂNCER!

Portanto, se você está preocupado com a radiação associada a mamografia, existem inúmeras outras alternativas para rastrear o câncer de mama e esses outros exames são muito eficazes e melhores!

Dr. Ben Johnson sugere: “Bem, há duas opções melhores. Se você tiver um nódulo ou se você acha que tem algo, o ultrassom é ótimo.

Mas se você que se prevenir do câncer de mama, se você quer fazer uma triagem, há realmente apenas um dispositivo excelente que é a termografia. Ela se trata de uma câmera térmica infravermelha. Nada toca seu corpo. Nada esmaga suas mamas. Não há radiação nesse exame e por isso, ele é o mais indicado, além do ultrassom.

Esse exame é ideal porque pode ver o nódulo, e pode ver sua consistência. Ele pode ver onde há cálcio nele. E pode olhar para o fluxo sanguíneo, porque se houver tumor, haverá consequentemente, um aumento no fluxo sanguíneo.

A termografia é altamente recomendável como um teste alternativo para detecção do câncer de mama, pois não é invasivo e pode até detectar há quanto tempo o tumor está ali. Um estudo publicado em 2008 no American Journal of Surgery afirmou que a termografia de mama tem uma “classificação de sensibilidade” de 97% para encontrar malignidades antes de se ter formado um tumor visível.

Outra alternativa é o ONCObolt, projetado pelos pesquisadores da Universidade Purdue: Dra. Dorothy e Dr. James Morré.

Os testes ONCObolt podem diagnosticar células cancerígenas ENOX2 e também podem identificar a origem específica das células cancerosas na corrente sanguínea.

ONCOblot tem uma incrível taxa de precisão de 99% para descobrir tumores quando eles são muito pequenos.

Portanto, evite fazer mamografias: escolha pela ultrassonografia, a termografia ou o OncOblot.

CLIQUE AQUI PARA VER MAIS SOBRE A TERMOGRAFIA E SEUS BENEFÍCIOS SEM DORES PARA AS MAMAS!

Sobre Kelly Lemos

Veja também

Dores crônicas e os traumas emocionais

Você já passou por alguma situação onde pensou que o trauma emocional foi tamanho, que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Aprenda a ALIVIAR 80 a 100% da DOR CRÔNICA na COLUNA e ARTICULAÇÕES em Apenas 8 Semanas.

(Sem Remédios, Sem Cirurgias e Sem Sair de Casa)

envelope