Home / Alerta / O que os estudos científicos falam sobre as emoções?

O que os estudos científicos falam sobre as emoções?

O que são emoções?

Por que você sente raiva, angústia, ansiedade ou tristeza?

E o que os estudos científicos tem a dizer sobre as emoções?

Os estudos apontam que os melhores e os piores momentos da vida de uma pessoa são profundamente marcados por emoções, que podem ser positivas ou negativas.

Emoções são estados mentais resultantes de mudanças no organismo e em função de mudanças percebidas no ambiente, elas têm como principal função aumentar a capacidade do ser humano de se adaptar a qualquer situação e a qualquer ambiente.

É possível que uma emoção não leve você as melhores ações dentro de um determinado contexto, mas é importante salientar que todas elas são necessárias e de certa forma benéficas para sua vida!

Acompanhe:

Toda emoção tem sua importância!

Por mais ruim que seja uma emoção, ela sempre terá uma função específica, por exemplo: sentir nojo de um determinado alimento, pode ser uma reação protetiva do seu organismo quando reconhece que o cheiro e a aparência de uma comida não é saudável e pode prejudicá-lo.

Pode-se citar o medo também, sentir-se receoso diante de uma situação desconhecida ou perigosa, é uma forma que seu cérebro tem de te alertar que determinadas atitudes requerem cuidados especiais.

Contudo, se o medo vier até mesmo nos momentos mais simples e inadequados como, por exemplo, ao tentar interagir com outras pessoas, isso é chamado de fobia social.

É claro que o sentimento não levará você a um comportamento razoável, nesse caso existe um desequilíbrio que precisa ser tratado de maneira adequada.

Ou seja, a emoção continua sendo a mesma: o medo, o que muda é a maneira de reagir e se posicionar diante desse sentimento. E é isso que leva você a progredir ou simplesmente permanecer estagnado diante das adversidades.

Emoções básicas, quais são?

A ciência aponta 7 emoções chamadas de básicas que podem ser encontradas em praticamente todas as culturas ao redor do mundo.

São elas:

Todas elas bem características e muito facilmente identificadas através das expressões faciais das pessoas, independentemente de seu idioma ou cultura.

Existe outras emoções que variam muito na sua contextualização, dependendo da cultura na qual o indivíduo vive ou as experiências as quais ele foi submetido ao longo dos anos, por exemplo:

Uma ação como arrotar a mesa, pode ser visto em uma cultura como algo nojento e vergonhoso, duas emoções negativas e em outras como maneira de agradecer e mostrar que está satisfeito e feliz: duas emoções positivas, portanto, o mesmo ato provoca sensações diferentes dependendo do contexto em que é aplicado.

Sentimentos e emoções são a mesma coisa?

Para psicologia, enquanto as emoções têm como gatilhos de acionamento fatores ambientais, os sentimentos são resultado de experiências subjetivas vividas de maneira particular por cada pessoa, ou seja, é a interpretação que você faz quando sente uma emoção, a maneira como você reage diante a determinado fato, pensamento ou imagem.

Quando você diz que está feliz, triste, amando ou com raiva, isso é a sua percepção sobre determinada emoção sentida em momentos específicos.

Mas será mesmo que as emoções são apenas mudanças fisiológicas?

Fato é que a maneira como você vive, se comporta e se posiciona diante do mundo em que vive, também é capaz de influenciar as suas emoções, portanto, estímulos indiretos não podem ser totalmente descartados na hora de falar em emoções!

Use as emoções a seu favor e crie uma mentalidade de sucesso e felicidade!

Então, se as emoções têm efeitos tão grandiosos sobre você e sobre o seu organismo que tal utilizá-las para atingir seus objetivos e alcançar seus ideais?

Tenha um ambiente favorável a emoções positivas e consiga cada dia mais produzir sentimentos amorosos e duradouros, agora reflita, de quem depende isso?

De você é claro!!!!!

Então que tal se empenhar em sempre estar ao lado de pessoas que vibrem na mesma sintonia que você, dessa forma você poderá viver experiências mais enriquecedoras, que por sua vez irão gerar emoções benéficas e resultarão em sentimentos maravilhosos! Olha que lindo!

Tudo é uma questão de escolha, afaste-se daquilo que causam emoções nocivas a você, hábitos negativos e vícios que levam ao desequilíbrio mental e corporal!

Procure sempre estimular a positividade na sua vida e faça isso de todas as formas possíveis:

  • Aja positivamente.
  • Pense positivamente.
  • Viva em ambientes estimulantes.
  • Procure crescimento e desenvolvimento espiritual e mental.

Perceba que, você é capaz de promover a mudança emocional na sua vida, através de treinamento cerebral e percepção adequada da realidade, isso dará a você autoridade para criar um universo ideal para que seus sentimentos sejam ao máximo aproveitados.

Portanto, pratique o autoconhecimento e descubra como gerir suas emoções e enfrentar qualquer desafio de maneira positiva, inovadora e que permita crescimento e evolução na sua vida e na sua saúde!

E claro! PRATIQUE OS MOVIMENTOS INTELIGENTES PARA ALIVIAR DORES, TENSÕES, CANSAÇOS E ATÉ A DEPRESSÃO!

Siga-nos nas redes sociais e deixe seu comentário se precisar de ajuda ou quiser desabafar!

Acesse: https://lsc.movimentointeligente.com.br/jornada/

Siga-me no Instagram – https://www.instagram.com/kelly_lemos_oficial/

Facebook – https://www.facebook.com/movimentointeligentefeldenkrais/

YouTube – https://www.youtube.com/watch?v=DdBEtZUPitc

Sobre Kelly Lemos

Veja também

Dores crônicas e os traumas emocionais

Você já passou por alguma situação onde pensou que o trauma emocional foi tamanho, que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Aprenda a ALIVIAR 80 a 100% da DOR CRÔNICA na COLUNA e ARTICULAÇÕES em Apenas 8 Semanas.

(Sem Remédios, Sem Cirurgias e Sem Sair de Casa)

envelope