Home / Alerta / Temperos naturais para diminuir as dores crônicas

Temperos naturais para diminuir as dores crônicas

Dói ao levantar, ao sentar, ao se mexer e ao ficar imóvel.

A dor crônica incomoda em qualquer que seja a situação, pode originar de uma patologia, uma inflamação, ou mesmo como um sintoma psicossomático, onde o cérebro ao receber um estímulo, acaba revivendo a chamada “memória dolorosa”.

As dores crônicas podem acometer qualquer lugar do corpo, como por exemplo:

  • Articulações.
  • Coluna.
  • Cabeça.

Para amenizar os sintomas, anti-inflamatórios, analgésicos, relaxantes musculares são passados, mas como bem se sabe, os fármacos são sempre muito ruins, visto que trazem sequelas e consequências negativas, além de não promover a cura.

Mas, reflita por um momento, será que todos esses remédios naturais, não podem estar aí bem próximos a você, na sua cozinha, e serem indicados para tratamentos naturais?

Pois é, as ervas, especiarias, temperos, fazem muito mais que apenas realçar o cheiro, cor e sabor dos alimentos, elas são capazes de tratar infecções, inflamações e ajudar no alívio da dor crônica.

Quer saber mais sobre essa farmácia natural?

Acompanhe o texto e descubra.

Gengibre

Uma planta originária da Índia, o gengibre é muito apreciado na culinária brasileira, age diretamente no sistema nervoso e no combate eficaz das inflamações.

Ajuda na redução da dor e inchaço nos casos de artrite. Precisa ser utilizado com cautela nos casos de gestantes, lactantes e pessoas que utilizam anticoagulantes.

Pimenta Caiena

Também conhecida como dedo de moça ou a rainha das ervas. É apreciada na culinária Mexicana e indiana, o composto responsável pelo ardor advém da capsaicina, sendo ótima para o alívio das inflamações e consequentemente das dores crônicas.

As substâncias contidas na pimenta caiena dificultam a emissão de sinais de alerta de dores ao cérebro, por isso pessoas com dores articulares e musculares devem fazer uso desse tempero no seu dia a dia, se não houver contraindicação.

Até pomada para dor crônica é possível fazer com a pimenta caiena, observe:

  • 2 colheres de sopa da pimenta.
  • Meia xícara de óleo de coco ou manteiga de cacau.
  • Misture os ingredientes e utilize para massagear os locais doloridos.

Manjericão

Rico em ferro, cálcio, cobre, manganês e ômega 3, além das vitaminas A, C e K, o manjericão ajuda a amenizar o inchaço e possui ação anti-inflamatória.

Salsa

Um tempero muito comum no Brasil, fonte de vitaminas A,B,12,C e K, seu chá ajuda a prevenção da artrite reumatoide, combinado com chá de aspargos, se torna ainda mais potente.

Cúrcuma

Chamado também de açafrão da terra, pertence à família do gengibre. O tempero tem ação anti-inflamatória e é apreciada na medicina chinesa e indiana.

Suas propriedades são tão poderosas que chegam a ultrapassar os efeitos do ibruprofeno e ácido acetilsalicílico – como aponta uma pesquisa realizada pela revista americana Oncogene.

O recomendável é de 400 a 600 gramas por dia para o efeito terapêutico.

Malva

A malva é encontrada com mais facilidade na região sul do Brasil, contudo, é possível comprá-la em lojas de ervas e produtos naturais, trata inflamações bucais e dores crônicas nessa região.

Alcaçuz

15 vezes mais doce que a cana, pode ser utilizado para substituir o açúcar branco que segundo muitas pesquisas, é grande causador de inflamações.

O alcaçuz melhora a rigidez muscular, alivia os sintomas da artrite, além de agir nas inflamações bucais.

Boswellia

Mais conhecida como incenso indiano, é utilizada na fabricação de incenso, aplicada na terapia Ayurveda, trata inflamações no intestino grosso, que causa dores crônicas incapacitantes, além de agir na osteoartrite e artrite reumatoide.

Utilize a alimentação como forma de cura das dores crônicas

Além de incluir essas ervas em seus pratos do dia a dia que dará mais sabor e saúde a sua vida, experimente também rever seus hábitos alimentares.

  • Evite alimentos processados e industrializados.
  • Consuma fibras e muita água.
  • Insira frutas e vegetais em sua dieta, lembre-se quanto menos tiver que ler rótulos, mais saudável você será!
  • Dê preferência para alimentos que possuam alto teor de ômega 3 como por exemplo: peixes, noz e couve flor.
  • Prefira carboidratos complexos aos simples.
  • Reduza o consumo de açúcar branco, ele é nocivo à saúde.

Lembre-se; a dor crônica é causada por uma memória, um caminho dolorido, por isso precisa de persistência e paciência para seguir o caminho contrário e alterar essa realidade.

Então, não espere mais, comece agora e receba os benefícios.

FAÇA E CONHEÇA OS MOVIMENTOS INTELIGENTES, INDIQUE AOS AMIGOS!

Sobre Kelly Lemos

Veja também

Oxycotin: um tóxico para sua dor crônica!

Você já parou para pensar nos medicamentos alopatas que você toma para sua dor crônica? …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Aprenda a ALIVIAR 80 a 100% da DOR CRÔNICA na COLUNA e ARTICULAÇÕES em Apenas 8 Semanas.

(Sem Remédios, Sem Cirurgias e Sem Sair de Casa)

envelope